redes sociais para medicos

8 dicas para boas práticas nas redes sociais para médicos

As redes sociais são responsáveis por unir pessoas com interesses e gostos em comum, para compartilhar ideias e experiências. Com a alta competitividade no mercado, ter uma presença online que gere engajamento, posicionamento e autoridade na sua área é uma excelente alternativa para se destacar e sair na frente da concorrência. 

As redes sociais são uma ótima estratégia para reduzir os buracos na agenda médica! Quer saber como aumentar os atendimentos na sua clínica? Fique com a gente!

Você deve estar se perguntando se realmente é indispensável investir na sua presença online através das redes sociais, com o intuito de divulgar o seu consultório: e a resposta é sim!

A princípio pode parecer difícil e complicado, afinal, o ambiente virtual ainda pode ser uma novidade para muitos. Mas, não se preocupe! Com as estratégias corretas, é possível atrair mais pacientes usando as redes sociais. 

Com a alta competitividade no mercado, ter uma presença online que gere engajamento, posicionamento e autoridade na sua área de atuação é uma excelente alternativa para se destacar e sair na frente da concorrência.

Quer aprender de uma vez por todas as melhores práticas de redes sociais para médicos? Continue a leitura e descubra!

O que são as redes sociais?

As redes sociais permitem a troca de informações e ideias entre pessoas que compartilham dos mesmos interesses. Logo, é muito difícil não encontrar pessoas que passam bastante tempo online.

Os dados não mentem! Atualmente, há mais de 2,7 bilhões de usuários ativos nas redes sociais. No Brasil, o número chega a 22 milhões!

Quando pensamos em redes sociais, logo vem a nossa mente o Facebook, já que a rede social é a mais popular no mundo inteiro, com 2,6 bilhões de usuários ativos. 

 

Além disso, as redes sociais revolucionaram a forma como os consumidores e as empresas se comunicam. Desse modo, essas plataformas criaram um meio de interação entre marcas e público, por meio da divulgação de produtos e serviços.

Quais são as principais redes sociais para médicos?

Antes de qualquer coisa, você já deve conhecer algumas dessas redes sociais e a importância de criar um perfil em cada uma delas. Você se lembra da premissa de que “quem não é visto não é lembrado”?

Rede social de relacionamento

Nem todas as redes sociais mantêm o foco no relacionamento. Por outro lado, algumas são focadas em nichos específicos, mas, sem dúvidas, o Facebook, desde o  seu início, tem como objetivo conectar pessoas.

Assim como no Instagram, as pessoas interagem entre si, compartilham fotos, vídeos e experiências. Neste ponto, é preciso manter a atenção! Saber o que estão falando sobre o seu negócio é a melhor forma de solucionar os problemas, garantindo a satisfação dos pacientes.

Rede sociais profissionais

Essas são aquelas em que os usuários buscam fazer networking, divulgar projetos profissionais e fortalecer a sua marca pessoal. 

O LinkedIn é a rede social profissional mais utilizada no mundo, com mais de 675 milhões de usuários. De outro modo, existem outras redes com esse mesmo objetivo como Bebee e Viadeo. 

 

Neste caso, você pode criar tanto um perfil pessoal, com suas informações acadêmicas e experiências profissionais, como também criar uma página para a sua clínica. 

Redes sociais de entretenimento

As redes sociais de entretenimento são muito utilizadas para consumir conteúdo na internet. Hoje, tudo o que você precisar dá para encontrar no Youtube. Isso vai desde receitas para o almoço de domingo até um tratamento alternativo para dormir melhor. 

Você sabia que o Youtube é o segundo maior mecanismo de buscas do mundo? Só perde para o Google. 

A maior plataforma de vídeos do mundo pode ser uma ótima estratégia para divulgar o seu negócio. Já pensou em gravar vídeos com dicas de saúde e bem-estar e compartilhá-los com seus pacientes?

 

Falando nisso, você já sabe o que é preciso para fazer a sua clínica aparecer no maior mecanismo de buscas do mundo, o Google? Você precisa dar uma atenção especial a esta estratégia para conquistar mais pacientes! 

Publicidade médica: o que é permitido?

Antes de mais nada, a prática de publicidade médica é totalmente permitida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) por meio da resolução 1.974/11, reiterado pelo o Manual de Ética Médica lançado pelo CODAME (Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos do Cremeb).

É necessário, entretanto, se atentar a alguns itens que são indispensáveis, de acordo com o Manual de Ética Médica, para que você possa divulgar o seu trabalho nas redes sociais:

  1. Nome do profissional;

  2. Especialidade e/ou a sua área de atuação previamente registrada com o Conselho Regional de Medicina;

  3. O seu número de inscrição no Conselho Federal de Medicina;

  4. Se você tiver um número de registro de qualificação de especialista (RQE) precisa colocar também!

 

Desse modo, toda vez que você postar uma foto ou gravar um vídeo, seus dados profissionais precisam constar na postagem, para garantir a segurança e legalidade das informações ali veiculadas. 

5 dicas para médicos nas redes sociais

  1. Planeje o que publicar, sempre mantendo a ética médica: é uma ótima forma de diversificar os canais de comunicação e fidelizar os seus pacientes. 

  2. Cuide da sua reputação: compartilhar conteúdos em posts que vinculam imagens dos seus pacientes fere o código de ética médica. Sendo assim, não permita que seu nome seja vinculado a esse tipo de conteúdo e/ou materiais sem comprovação científica. 

  3. Evite a superexposição: lembre-se que, mais do que atrair pacientes com publicidade, você deve priorizar a promoção à saúde, bem-estar e o cuidado dos seus pacientes. 

  4. Preserve a imagem dos seus pacientes: afinal, os dados compartilhados em consultório são sigilosos, portanto, não os divulgue em posts nas redes sociais. Evite, a todo custo, vincular a imagem dos seus pacientes a sua publicidade médica, como aqueles famosos “antes e depois”.

Cuide da sua imagem: em hipótese alguma, garanta, prometa ou insinue resultados positivos de tratamentos, com afirmações duvidosas sobre a eficácia de determinado tratamento.

Perguntas frequentes:

Quais são as redes sociais mais usadas no Brasil?

O Youtube assumiu o posto de rede social mais utilizada no Brasil, com mais de 95% de brasileiros conectados na maior plataforma de vídeos do mundo. O Facebook ocupa a 2ª posição, com 2,2 bilhões de contas ativas no mundo inteiro.

Quais são os tipos de redes sociais?

Os principais tipos de redes sociais são as redes de relacionamento, como o Facebook e o Instagram, de entretenimento, como o Youtube e Pinterest, e profissionais, como o LinkedIn.

Quais os limites da publicidade médica?

É necessário, entretanto, se atentar a alguns itens que são indispensáveis, de acordo com o Manual de Ética Médica, para que você possa divulgar o seu trabalho nas redes sociais. Sendo assim, a resolução 1.974/11 explica quais são os limites da publicidade médica.