indicadores de desempenho para clínica médica

Conheça 5 indicadores de desempenho para clínicas

Você sabe quais são os principais indicadores de desempenho para clínicas e como utilizá-los? Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Os indicadores de desempenho são muito importantes para avaliar e acompanhar os serviços prestados na sua clínica. Esses indicadores são ferramentas de gestão presentes em qualquer empresa, sendo assim, um bom gestor deve utilizá-los para identificar todos os pontos de melhorias.

Para gerir um negócio, seja ele qual for, o conhecimento sobre indicadores é essencial para identificar pontos de melhorias. Você quer que a sua clínica cresça, então, é necessário mensurar constantemente seu desempenho.

Além disso, os indicadores de desempenho para clínicas são ferramentas de gestão presentes em qualquer empresa. Certamente, você vai perceber que eles também fazem parte da rotina de clínicas e consultórios, auxiliando na busca por melhores resultados.

Esses indicadores contribuem para o desenvolvimento e acompanhamento dos serviços que são efetuados na clínica, incluindo consultas, exames, procedimentos ou vendas de produtos.

Quer aprender a identificar, analisar e aplicar os indicadores de desempenho na gestão da sua clínica médica?

Continue a leitura e descubra!

O que são indicadores de desempenho para clínicas?

Os indicadores de desempenho para clínicas são os meios que avaliam a eficácia dos seus atendimentos, a performance da sua gestão e ainda dão um norte para a tomada de decisão.

Além disso, esses indicadores monitoram e avaliam os serviços prestados na sua clínica. Ou seja, são ferramentas capazes de mensurar os resultados de ações aplicadas em seu negócio.

A finalidade dos indicadores de desempenho passa pelos seguintes pontos:

  1. Manter a atenção aos processos da clínica;
  2. Saber em tempo real como andam os seus negócios;
  3. Acompanhar as métricas da sua clínica;
  4. Garantir a saúde do seu financeiro;
  5. Impulsionar ainda mais o seu negócio.

Com isso, você consegue visualizar resultados, identificar em quais áreas está errando e apostar em melhorias, além de verificar como anda a gestão da sua clínica.


Como analisar os indicadores de desempenho?

Para fazer a sua clínica crescer, deixar de lado os indicadores de desempenho não é uma boa escolha. Afinal, são eles que identificam, monitoram e analisam todos os processos da sua clínica.

Mas, antes de tudo, é preciso alinhá-los com o planejamento estratégico da sua clínica. Para que você possa alcançar as suas metas a longo prazo! Feito isso, será muito mais simples mensurar os resultados obtidos.

Antes de analisar, você precisa selecionar alguns tipos de KPI’s (Key Performance Indicator) para colocá-los em prática e alcançar os objetivos desejados. Conheça alguns:

  1. Produtividade:  em resumo, está relacionado a produtividade do seu time de colaboradores, sendo essencial investir no crescimento da sua equipe.
  2. Qualidade: em poucas palavras, relaciona-se com o indicador de produtividade, pois está diretamente ligado a qualidade do atendimento prestado por você.
  3. Estratégicos: em síntese, auxiliam você na tomada de decisões, além de mensurar quais áreas necessitam de melhorias.

Não se esqueça de que a análise constante é primordial, pois te ajuda a impulsionar o seu empreendimento de maneira que não foque apenas no lucro, mas sim com o bem-estar dos seus pacientes.

Principais indicadores de desempenho para clínicas?

Os principais indicadores, ou seja, aqueles que estarão mais presentes no dia a dia da clínica, são os medidores de lucratividade e rentabilidade. 

Além disso, você também pode medir a satisfação dos pacientes, a taxa de permanência do, absenteísmo, tempo de espera e métricas financeiras.

Lembre-se de que, ao utilizar as KPI’s (Key Performance Indicator) para mensurar seus resultados, é necessário escolher aquelas que tem a ver com o seu negócio. 


1. Satisfação dos pacientes

Você sabe como garantir a satisfação dos pacientes? Apesar de complicado, algumas ações pontuais podem oferecer uma boa experiência para o paciente.

Comece a gerenciar bem a fila de espera, oferecer boas opções de pagamento e ter agilidade nos processos. Isso vai impactar positivamente o olhar do seu paciente sobre o seu negócio.  

Lembre-se, também, de elaborar pesquisas de satisfação ou aplicar uma pesquisa de NPS para identificar possíveis melhorias nos seus atendimentos!

Ouvir os seus pacientes é o primeiro passo para garantir a satisfação e fidelização deles!


2. Tempo de espera

Certamente, você já ouviu falar que “a primeira impressão é a que fica”, não é mesmo? Bem, isso não é apenas um dito popular, uma vez que julgamentos iniciais dificilmente são revertidos!

Uma das principais causas de insatisfação em clínicas é o tempo de espera para realizar um atendimento médico. Afinal, ninguém gosta de ficar muito tempo esperando!

Para evitar que o paciente fique insatisfeito, você pode investir no conforto da sua recepção, não apenas oferecendo boas fontes de entretenimento, bem como a disposição dos móveis e iluminação natural.

Como você mesmo já sabe, entender os principais gargalos e corrigi-los é a maneira mais eficaz de evitar uma dor de cabeça no futuro! Logo, é indispensável avaliar e garantir uma boa gestão da sua sala de espera.


3. Taxa de permanência

O paciente pode desistir de uma consulta ou tratamento por muitos motivos, mas se você não souber quais são, fica bem difícil evitar que as essas desistências ocorram com frequência.

Por exemplo, um paciente oncológico necessita de acompanhamento constante, ou seja, a sua permanência na clínica é indispensável para o andamento do tratamento. Isso ocorre também com psicólogos, cardiologistas e dermatologistas!

Desse modo, pesquisar sobre as causas de desistências e absenteísmo pode te ajudar a reduzir os buracos na agenda e acompanhar, bem de perto, o bem-estar dos seus pacientes!

Nesse sentido, se você identificar que a taxa de permanência é baixa, é preciso investir em maneiras para reverter esta situação, seja melhorando a experiência do paciente ou acompanhando de perto seu histórico de agendamento e tratamentos.


4. Faturamento mensal

Não é possível oferecer um atendimento excelente sem analisar a gestão financeira da sua clínica ou consultório.

Para que o seu empreendimento continue funcionando, os gestores de clínicas precisam mensurar, constantemente,  

Você pode utilizar sistemas automatizados de gestão financeira para extrair relatórios detalhados e verificar todas as movimentações financeiras do seu negócio.


Uma dica: você já ficou sabendo do nosso eBook gratuito sobre Planejamento Financeiro? Clique aqui e saiba mais!


5. Produtividade

Este indicador é muito utilizado para mensurar o número de atendimentos realizados, quantos pacientes realizaram exames, tempo médio de consulta, entre outros.

Mais do que isso, se você perceber que a produtividade está baixa, será necessário investir em estratégias para reverter essa situação.

Utilizar a tecnologia, por exemplo, é uma ótima dica para otimizar as rotinas da sua clínica. Lembre-se, apenas, de direcionar as suas ações para melhorias na qualidade de vida e bem-estar dos seus pacientes.

Algumas ferramentas digitais que já estão presentes nos processos médicos são:

Prontuário eletrônico;

Software de gestão médica;

Telemedicina;

Inteligência Artificial (AI)

Gostou do nosso conteúdo? Confira mais alguns temas sobre gestão de clínicas e comece a potencializar os resultados da sua clínica!

  1. Como escolher o melhor software de gestão para a minha clínica?

  2. Veja como aumentar em 70% o desempenho dos médicos com a tecnologia!

  3. Qual o melhor prontuário eletrônico para a minha clínica?

Perguntas frequentes:

Como analisar indicadores de desempenho?

Ter em mente quais são os seus objetivos são fundamentais para definir as melhores estratégias para alcançar as suas metas. Feito isso, será muito mais simples mensurar os resultados obtidos.

Quais são os indicadores de desempenho?

Os principais indicadores, ou seja, aqueles que estarão mais presentes no dia a dia da clínica, são os medidores de lucratividade e rentabilidade. Além disso, você também pode medir a satisfação dos pacientes, a taxa de permanência do paciente em sua clínica, absenteísmo e tempo de espera.

Como analisar o desempenho de uma clínica?

Os indicadores funcionam como medidas de performance, com métricas capazes de fornecer números reais para analisar resultados. Para gerir um negócio, seja ele qual for, o conhecimento sobre os indicadores de desempenho é fundamental.

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação!