estrategias de marketing medico

Estratégia de marketing médico para fidelizar pacientes

As estratégias de marketing médico são indispensáveis para fidelizar pacientes. Para aprender mais sobre esse poderoso recurso, confira o post na íntegra.

Se você já utiliza alguma estratégia de marketing médico, já percebeu os benefícios que a divulgação do seu trabalho na internet pode trazer ao seu negócio.

Uma pesquisa recente mostra que 26% dos brasileiros recorrem primeiro ao Google ao se deparar com problemas de saúde. Isso só mostra que cada vez mais pessoas têm recorrido ao Dr. Google em busca de diagnóstico para os seus sintomas.

No entanto, na mesma pesquisa do Google, aproximadamente 35% dos brasileiros realizam a busca direto pelo profissional de saúde.

Além disso, os internautas já acessam desde o site da clínica ou consultório até o currículo Lattes do médico! 

No meio de tantas pessoas em busca de algo na internet você pode achar infinitas oportunidades de atrair mais pacientes para o seu negócio.

Com a estratégia de marketing médico certeira, a sua agenda não vai mais ficar vazia!

O que o Conselho Federal de Medicina diz sobre a Publicidade Médica?

Antes de prosseguirmos para as dicas de marketing médico, é preciso estar por dentro das limitações da publicidade médica, de acordo com o Manual de Publicidade Médica do CFM.

A princípio, a saúde do paciente deve ser sempre a prioridade do médico. Afinal, a medicina lida com um campo ético muito sensível e, por isso, leve esse ponto em consideração no momento de traçar as suas estratégias de marketing médico. 

Portanto, é vedado ao médico: 

– publicar fotos de antes e depois do seu paciente;

– garantir, prometer ou insinuar bons resultados de um tratamento;

– abordar o tema médico com sensacionalismo;

– divulgar tratamentos ainda não comprovados cientificamente;

– se autopromover em entrevistas;

– anunciar aparelhagem que lhe atribua capacidade privilegiada;

– usar expressões adjetivadas tais como “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único capacitado”.

Por que investir em estratégias de marketing para médicos?

O Marketing Médico é uma ótima oportunidade de atrair pacientes para a sua clínica e reduzir os buracos na agenda do médico, principalmente. 

Além disso, estratégias de marketing médico como o e-mail marketing e o marketing de conteúdo são estratégias de zero custo, você não precisará investir nada para começar a usar. 

Sem contar que estudos recentes relatam que mais de 90% dos consumidores pelo mundo todo confiam na indicação de um familiar ou amigo para adquirir produtos e serviços antes de qualquer outro tipo de propaganda. 

Mas, será que somente o famoso boca a boca ou estar nos catálogos disponibilizados pelo convênio trará resultados para o seu negócio? 

Se o seu objetivo aqui não é somente ganhar mais pacientes, e sim ajudar mais pessoas, conheça os aspectos positivos que o marketing pode agregar a sua clínica.

Por que o marketing de indicação pode fidelizar os seus pacientes?

Um dos primeiros pontos que devemos abordar em estratégias de marketing médico é a indicação.

Essa estratégia está ligada aos comportamentos e rotinas do médico, a fim de incentivar os pacientes a falarem bem da sua clínica e do seu trabalho.

Mas, não pense que isso é uma tarefa difícil. Para que um paciente recomende o seu negócio, ele precisa estar satisfeito com o atendimento recebido. Isso significa que focar na experiência do cliente é a chave para ampliar o número de pacientes.

Além do mais, a experiência do paciente é um dos pontos cruciais para o marketing de indicação, impacta positivamente em sua clínica ajudando na fidelização dos pacientes.

Vale ressaltar aqui, entretanto, que experiência do paciente e satisfação do paciente não são a mesma coisa

De acordo com Revista: A Era da Experiência do Paciente, satisfação do paciente nada mais é do que:

“expectativas de um paciente sobre o serviço de saúde. Duas pessoas que recebem exatamente o mesmo tratamento, mas que têm expectativas diferentes, podem atribuir classificações distintas ao serviço prestado.”

A mesma revista define experiência do paciente como:

"A experiência se refere não a expectativas, mas a avaliação da qualidade dos cuidados de saúde e inclui aspectos como o acesso fácil à informação, a forma de resposta às solicitações, o tratamento respeitoso, a escuta sobre as necessidades do paciente e o atendimento a valores individuais atendidos.”.

Com essa estratégia você pode até aumentar o número de pacientes no consultório!

Afinal, clientes satisfeitos e felizes com o seu serviço tendem a retornar à clínica. Por isso, mantenha o foco em proporcionar a melhor experiência para os seus pacientes.

Dois passos para aplicar o marketing de indicação em sua clínica médica:

Como você viu neste texto, o marketing de indicação, para ser efetivo e alcançar bons resultados precisa ser construído com muito planejamento e pesquisa.

Para garantir que seus pacientes compartilhem aspectos positivos sobre o seu trabalho, dois pontos são muito importantes neste processo: atendimento e experiência.

Foque no atendimento

Como você já deve saber, para ter pacientes recomendando o seu trabalho e a sua clínica, você precisa encantá-los e, para isso, melhorar o atendimento em clínicas é primordial.

Mais do que isso, lembre-se de manter um bom relacionamento com seus clientes.

Sua clínica é um ambiente de acolhimento e promoção de saúde.

Desse modo, o marketing de indicação surge como alternativa para promover os seus serviços sem que o foco seja apenas financeiro, mas sim no atendimento mais humano e de qualidade.

Contando com essa dedicação no atendimento,  você otimiza as tarefas da clínica para que o foco maior seja a satisfação dos seus clientes. Isto é, agilizando processos você tem mais tempo para cuidar dos seus pacientes.

Uma dica: Encante seus clientes! Proporcione um ambiente receptivo e agradável para seus pacientes e tenha o marketing boca a boca como seu melhor amigo!

Crie boas experiências para os seus pacientes

Uma prática muito comum para oferecer um bom relacionamento e atendimento de qualidade é manter o foco na experiência do cliente, como já falamos por aqui.

O primeiro passo, então, é entender a jornada do seu paciente.

Pare para pensar que o relacionamento com seus pacientes não começa no momento da consulta e está relacionado com outras áreas da clínica.

Ou seja, vai desde a recepção, por um contato telefônico, até a gestão de clínicas e consultórios.

Pensando nisso, é importante garantir que o paciente fique encantado antes mesmo de chegar à clínica.

Dessa maneira, ofereça uma boa comunicação, seja por telefone, e-mail ou nas redes sociais.

Além disso, seja ágil e eficiente na resolução de problemas, dúvidas, e solicitações.

Você pode usar o marketing digital não só para aumentar a presença online, mas também para usar as redes sociais como canal de comunicação rápido e ágil.

5 dicas de estratégias de marketing médico para você realizar hoje mesmo!

Veja a seguir o que você precisa saber para montar um planejamento de marketing sólido sem deixar de lado o que é mais importante: cuidar dos seus pacientes.

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma oportunidade de trazer mais pacientes para a sua clínica sem investir muita grana nisso. 

Com a distribuição de conteúdo relevante e diferenciado (como Blog Posts, eBooks, posts nas redes sociais) para o seu público, você não está somente atraindo novas oportunidades de negócio, como também está ajudando o seu paciente. 

Assim, o marketing de conteúdo é responsável por ajudar e educar o seu paciente, além de te gerar autoridade para a sua clínica e elevar o seu patamar no mercado de saúde.

E-mail Marketing

Para quem jurou que o e-mail já estava enterrado, eu tenho uma notícia: a Hubspot divulgou em seu State of Email Marketing in 2020 que 73% dos millennials preferem que a comunicação sobre negócios seja realizada por e-mail. 

O E-mail Marketing é um dos canais que mais traz Retorno sobre o Investimento (ROI). Sem contar na possibilidade de usar vários formatos e finalidades, de acordo com o seu público. 

Branding

Já parou para pensar como é comum do ser humano expressar necessidade de se comunicar e comentar a respeito de algo?

Seja sobre o resultado de uma partida de futebol ou até sobre produtos e serviços que adquirimos, sempre temos uma opinião formada sobre tudo.

E o melhor, não tem custo algum para a sua clínica! Por isso, o diferencial desse método é não precisar de investimento financeiro.

Funciona da mesma maneira que o marketing médico, como disparo de e-mails marketing e posts em redes sociais. É um meio de atrair novos clientes com o posicionamento no mercado.

Marketing de indicação

O marketing de indicação, tradução de buzz marketing, surgiu nos Estados Unidos como estratégia para as grandes massas.

Descartando a necessidade de vincular anúncios em grandes mídias — Jornais, TV e Rádio — apostando na divulgação da marca por meio da comunicação entre as pessoas.

Mais barato do que as ferramentas de marketing tradicionais, esse tipo de estratégia é um ótimo método para atrair novos clientes e fidelizá-los. 

A partir da interação entre pessoas você divulga a sua clínica e atrai novos pacientes, aumentando a rotatividade de pacientes e ampliar a produtividade da agenda médica!

Redes Sociais

Se você quer realmente saber se a sua presença online nas redes sociais é importante para divulgar o seu consultório: e a resposta é sim! 

As Redes Sociais facilitam a comunicação entre pessoas. Atualmente, há mais de 2,7 bilhões de usuários ativos nas redes sociais no mundo. No Brasil, o número chega a 22 milhões

Não usá-las pode te impedir de gerar boas oportunidades de negócios. Fique atento a essa estratégia para não perder clientes e manter a sua agenda sempre lotada.

Se você quer aprender de uma vez por todas a usar as redes socias estrategicamente, confira o nosso eBook gratuito sobre Redes Sociais para médicos, clicando aqui! 

Perguntas frequentes:

Como fazer marketing de consultório médico?

Com a distribuição de conteúdo relevante e diferenciado para o seu público, você está atraindo novas oportunidades de negócio.

O que o médico não pode fazer?

Publicar fotos de antes e depois do seu paciente; garantir, prometer ou insinuar bons resultados de um tratamento e abordar o tema médico com sensacionalismo, são algumas das proibições ao médico.

O que é o marketing de indicação?

A partir da interação entre pessoas você divulga a sua clínica e atrai novos pacientes, aumentando a rotatividade de pacientes e ampliar a produtividade da agenda médica!

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação!