Categorias
Gestão para clínicas Marketing Médico

5 dicas para fortalecer o SAC da sua clínica

Para potencializar os atendimentos, o SAC em clínicas já virou realidade. Que tal saber como torná-lo melhor? Veja as principais dicas neste post! 

O SAem clínicas visa adequar o atendimento ao cliente com essa nova demanda para encontrar a melhor forma de atendê-los. Já que os consumidores estão cada vez mais críticos e com menos tempo.  

Você já percebeu que a forma de se relacionar com seus pacientes tem mudado ao logo dos anos? É por isso que o SAC em clínicas tem se adaptado em busca da melhor experiência do consumidor. 

Para esses empreendimentos de saúde que lidam diariamente com pessoas, o SAC 3.0 em clínicas traz agilidade ao integrar e ampliar todos os canais de comunicação  

O que você acha de conquistar cada vez mais os seus pacientes e conseguir fidelizá-los? Então, você não pode deixar de conferir as dicas de como revolucionar o atendimento na sua clínica.  

Essa é a estratégia que você deve dominar, se quiser inovar o SAC em clínicas, continue a leitura e fique por dentro de tudo! 

SAC em clínicas: por que devo aderir?

O SAC 3.0 é um meio de comunicação que amplia a relação entre clínicas e pacientes, para que esse se sinta acolhido pelo espaço que cuidará da sua saúde. 

Isso contribui, e muito, para aumentar as chances de fidelização de pacientes. 

Esse novo perfil de consumidor não é somente atento a compra de produtos, ele também está ligado a prestação de serviços, como é o seu caso.  

Além disso, seu paciente busca agilidade desde o momento em que entra na sua clínica. Ou seja, a solução rápida reflete na forma como o paciente avalia o seu negócio. 

5 dicas para fortalecer o SAC em clínicas:

Para que essa ferramenta auxilie sua clínica e traga a satisfação de seus pacientes, separei 5 dicas de como melhorar o SAC do seu consultório médico!

Conheça seus clientes

Antes de tudo, conheça o perfil dos seus pacientes, você precisa saber quem eles são. Assim, crie estratégias para solucionar os problemas de forma rápida, simples e objetiva!  

Por isso, um monitoramento desses pacientes é crucial. Pensando nisso, você pode usar os seguintes canais de comunicação: 

– Disparo e-mails e/ou SMS; 

– Posts nas redes sociais; 

– Campanhas por WhatsApp também pode! 

Utilize as redes sociais

Estudos mostram que mais de 90% das empresas estão nas redes sociaisComo resultado, as mídias sociais são a primeira escolha do cliente para contatar uma empresa.  

Além disso, a preferência por esse canal de comunicação vem da praticidade que ele fornece aos seus usuários. 

Certamente, não seria diferente com as clínicas médicas, já que manter contato com seus pacientes nas redes é oferecer comodidade e qualidade de atendimento. 

Mais do que isso, você pode usar as redes sociais para: 

– Confirmação de Consultas; 

– Postagens em datas comemorativas; 

– Agendamento de consultas e procedimentos 

Dica de leitura: as redes sociais são grandes impulsionadoras dos resultados da sua clínica! Acesse o nosso eBook clicando aqui embaixo e saiba como utilizá-las a seu favor!  

Pratique o monitoramento

O monitoramento é responsável por integrar, num só lugar, o histórico de solicitações e contatos de cada cliente. Para isso, comece a utilizar um CRM para consultórios! 

Com base nesse histórico de interação, a sua clínica pode traçar um plano melhorias e aprimorar os serviços prestados aos pacientes.  

Dessa maneira, o paciente encontra respostas para as suas dúvidas, como também, agenda sua consulta ou obtém um resultado de exame, por exemplo. 

Viu como é fácil fidelizar os pacientes que já são seus clientes? 

Priorize a agilidade na solução de problemas

A agilidade e rapidez na resposta às solicitações dos consumidores é um ponto importante a ser analisado. 

Entretanto, pode apresentar um custo alto e inviável para clínicas e consultórios, visto que demandam de uma equipe que trate dessas questões focando na satisfação do cliente. 

Pensando em dica valiosas, uma delas é a utilização de respostas prontas. Para que isso seja possível, o monitoramento do paciente é indispensável.  

Criando um perfil de solicitações e dúvidas, a partir desse monitoramento, crie respostas prontas, tipo um fórum de dúvidas frequentes, por exemplo. 

Só para exemplificar, o seu paciente deseja saber se a sua clínica aceita determinado convênio. Assim, você disponibiliza essa informação em seu site e esse paciente não precisa encarar a fila de atendimento para uma dúvida mais pontual.  

Assim fica fácil otimizar o tempo do paciente, né? 

Automatização

O SAC também oferece a clínica a possibilidade de automatização, a partir de uma boa ferramenta de gestão médicavocê tem na palma das mãos todos os processos da clínica. Só precisa estar conectado à internet. 

Esse é o caso dos dispositivos médicos, também conhecidos como sistemas para clínicas e consultórios.  

Sendo possível extrair relatórios que trazem dados necessários para melhorar a relação com o paciente, crie soluções que automatizam os processos médicos.  

Além disso, diminui falhas ocorridas por erros humanos, proporcionando ao seu cliente um serviço de alta qualidade. 

Perguntas frequentes:

Qual a importância do SAC em clínicas?

Implementar o SAC em clínicas ajuda a estreitar a relação entre as instituições e pacientes, de modo que esse paciente se sinta acolhido pelo espaço que será responsável por cuidar de sua saúde. Ter um espaço que seja destinado para que o seu paciente possa tirar dúvidas e dar sugestões torna mais ampla a relação entre clínica e paciente.

Como utilizar as redes sociais para fazer SAC em clínicas?

Tornou-se cada vez mais indispensável utilizar essas redes para confirmação de consultas, pesquisa de satisfação, como também oferecer ao paciente um serviço de telefonia em que ele seja capaz de agendar suas consultas e tirar dúvidas sobre os serviços prestados em sua clínica, tudo isso ajuda a fortalecer a relação entre clínica e paciente.

Como o monitoramento pode ajudar no SAC em clínicas?

Se está pensando em implementar o SAC em sua clínica invista no monitoramento, pois ele é responsável por integrar em um único lugar o histórico de solicitações e contatos de cada paciente, sendo assim, agiliza o atendimento e possibilita que em cima desses históricos de conversas a clínica possa traçar um plano para melhorar e aprimorar os serviços prestados aos pacientes.

Categorias
Gestão para clínicas Tecnologia para clínicas

8 erros no controle de estoque para clínicas que você deve se atentar

O controle de estoque para clínicas é uma das áreas mais sensíveis e demandam total atenção de gestores e médicos, já que itens como produtos e medicamentos são indispensáveis para prestar um bom atendimento aos seus pacientes. Dessa forma, é a gestão do estoque é muito importante para manter a organização e o bom funcionamento do seu negócio. 

Um detalhe que pode não ser levado tão a sério, mas que pode virar um problemão em clínicas e consultórios. O estoque precisa de atenção!

Para manter a organização e o bom funcionamento do seu negócio, a gestão do estoque é muito importante. Certamente, não é diferente para a área médica. 

Afinal, clínicas e consultórios também precisam contar com uma gestão de estoque eficiente para manter a qualidade do atendimento oferecido aos pacientes. 

Entendendo que não é adequado iniciar a rotina da clínica sem os insumos e medicamentos no seu estoque, ter controle é a chave para manter o seu negócio funcionando.

Portanto, reconhecer quais hábitos ruins prejudicam a sua clínica e buscar soluções eficientes para que esses problemas não desvalorizem o seu negócio.

Por que realizar o controle de estoque na sua clínica?

Inicialmente, é importante frisar que clínicas com o atendimento voltado para vendas, já entendem a importância de uma boa gestão de estoque.

No entanto, clínicas com o atendimento voltado mais para serviços prestados não têm o costume de se atentar tanto a essa parte fundamental nas clínicas. 

Por isso, é preciso saber quais são os erros de gestão de estoque que podem atrapalhar a sua clínica.

Além do mais, o estoque é a parte fundamental que constitui a rotina diária de clínicas e consultórios, pois é através da movimentação de produtos e medicamentos que se consegue garantir os atendimentos prestados aos pacientes em clínicas e consultórios. 

Ou seja, os materiais, medicamentos, entre outros, são indispensáveis para manter os atendimentos aos pacientes com eficiência e qualidade. 

Ao mesmo tempo que, com a tecnologia, alguns recursos importantes podem ser aplicados à gestão de estoque, é possível otimizar processos e fornecer praticidade as rotinas de clínicas médicas.

Saiba quais são os principais erros de gestão de estoque que afetam diretamente o funcionamento da sua clínica e como evitá-los.

8 erros de gestão de estoque de medicamentos que você deve analisar!

1. Planejamento:

Antes de tudo, o planejamento torna-se indispensável quando pensamos em gestão, e se estende também para a gestão de clínicas e consultórios e o controle de estoque de medicamentos.

Assim como as clínicas que focam seus serviços em vendas precisam ter um planejamento a longo prazo, com o objetivo de trazer garantias ao seu negócio, além de segurança e confiabilidade nos serviços prestados aos seus clientes. 

Além disso, é importante saber de quantos produtos se dispõe no estoque para controlar o que sai e o que entra, para que se tenha o maior controle da entrada e da saída no financeiro de sua clínica.

2. Organização:

A organização é essencial para manter um estabelecimento em pleno funcionamento. Logo, não seria diferente para clínicas e consultórios, pois uma boa gestão do estoque é interessante do ponto de vista da clínica e dos próprios pacientes. 

Sendo assim, independentemente de qualquer negócio, caso ocorra a falta de um material, isso pode gerar transtornos não só para a clínica como também para os pacientes, impactando de forma negativa a relação entre a clínica e seus clientes

Em outras palavras, a organização é significativa a partir do momento em que é possível organizar o estoque da sua clínica aproveitando a funcionalidade de detalhar o produto.

Sendo assim, facilita como encontrar o produto, utilizando a tecnologia para mediar esses processos internos. 

3. Controlar o estoque manualmente:

Em síntese, as tecnologias vieram para facilitar a rotina médica, no entanto, ainda há clínicas que mantém o controle do estoque de forma manual, o que induz a muitos erros de gestão. 

A princípio, se optar por manter a gestão do seu estoque de maneira manual, há a probabilidade de perda de dados importantes. 

Afinal, as informações são mantidas em um único lugar físico, expostos a poeira e ação do tempo, o que traz a alta possibilidade de perda desses dados sensíveis para a sua clínica.

Em virtude disso, contar com um sistema totalmente em que você pode controlar seus insumos de qualquer lugar conectado à internet, automatiza o estoque de sua clínica, disponibilizando na palma da sua mão todos os seus dados.

4. Controle da Data de Vencimento:

Da mesma forma que é um desafio manter o controle de estoque de forma manual, não é fácil e simples conseguir acompanhar a data de vencimento de todos os produtos. 

De tal forma torna-se prejudicial para sua clínica gerir a demanda de produtos e medicamentos sem o auxílio da tecnologia.

É provável que você necessite de muito tempo para administrar diversos itens que poderiam ser facilmente identificados com o uso de um software de gestão clínica.  

Ademais, já existem planilhas de controle de estoque, isto é, essas planilhas em excel auxiliam na otimização, mas não fornecem a automatização de processos, o que demanda tempo para organizar as informações.

Não é novidade que o dia a dia de uma clínica é muito corrido, portanto, quanto mais otimizado os processos, mais tempo para focar em serviços prestados aos seus pacientes.

5. Estoque mínimo:

Antes de mais nada, se uma empresa não controla seu estoque mínimo alguns serviços podem ser interrompidos, em suma, não seria diferente para clínicas e consultórios. 

Por conta disso, não ter controle sobre quantos produtos ainda há em seu estoque pode prejudicar bastante o seu negócio, já que, ao deixar de oferecer ao seus pacientes um procedimento estético, provavelmente não ocorrerá a fidelização do paciente

6. Ter despesas desnecessárias:

Nesse sentido, também torna-se indispensável o controle de reposição desses itens no estoque, mas, sem um controle eficiente, as informações se perdem e podem aumentar os gastos da clínica, prejudicando a receita. 

Já se pode contar com as planilhas de excel para manter o controle de saída e entrada, evitando, assim, a compra sem demanda desses materiais. Entretanto, não garante que esse processo seja feito de maneira eficiente.

Por isso, o uso das tecnologias pode ser um grande aliado para manter esses dados sempre atualizados e de fácil acesso para os colaboradores em sua clínica.

7. Falta de diálogo entre os setores:

Para clínicas que trabalham com vendas é importante que todos os setores conversem entre si, pois assim se asseguram bons resultados. 

Para que o foco na gestão de estoque pode variar dependendo do perfil do seu negócio, uma gestão eficiente passa, sobretudo, pela integração de todas as partes da clínica.

Seja para controlar os produtos utilizados dentro do espaço médico como também os produtos a serem comercializados, de maneira que possibilite, uma diferenciação que pode fornecer bons resultados de vendas para a sua clínica. 

Seja como for, o uso das tecnologias podem ser grandes aliados para garantir a boa gestão de estoque, integrando com todos os outros âmbitos do seu negócio.

Uma vez que a demanda de uma atenção especial, é, por exemplo, evitar a escassez de medicamentos médicos, evitando que os atendimentos clínicos prejudiquem o aumento na receita de sua clínica.   

8. Não automatizar o estoque com um software de gestão: 

Sob o mesmo ponto de vista, fica evidente o quanto se tornou necessário investir em tecnologias capazes de melhorarem a forma de gestão de empresas. 

Essa necessidade se estendeu também à área médica, pois um atendimento de qualidade aos pacientes passa por diversos setores de uma clínica. 

Sem dúvidas, a tecnologia pode e deve ser usada por clínicas e consultórios para automatizar o controle de estoque.

Por mais que ,as informações alimentadas em um software de gestão médica precisam estar de acordo com a realidade do estoque de medicamentos da sua clínica.

Pensando nisso, não é recomendado se esquecer de controlar as informações, já que para ter bons resultados é preciso que as informações sejam acrescentada no sistema de sua escolha.

Portanto, um software de gestão pode resolver todos os problemas listados acima e garantir uma gestão de estoque eficiente para o seu negócio.

Perguntas frequentes:

Por que o controle de estoque para clínicas é importante?

Sabemos que o estoque é a parte imprescindível que constitui a rotina diária de clínicas e consultórios, pois é através da movimentação de produtos e medicamentos que se consegue garantir os atendimentos prestados aos pacientes, ou seja, os materiais, medicamentos, entre outros, são indispensáveis para manter os atendimentos com eficiência e qualidade.

Qual importância da organização do estoque em clínicas?

A organização é significativa a partir do momento em que é possível organizar o estoque da sua clínica aproveitando as funcionalidades como, por exemplo, a de detalhar o produto. Facilitando, assim, a forma de encontrar o produto, com o uso da tecnologia para mediar esses processos internos.

Como a tecnologia ajuda no controle de estoque?

O uso das tecnologias podem ser grandes aliados para garantir o bom controle de estoque para clínicas, já que o estoque é integrado com todos os outros âmbitos do seu negócio, por isso demanda de uma atenção especial, pois sem produtos não há atendimentos médicos nem aumento na receita de sua clínica.

 

Categorias
Gestão para clínicas

Casos de Sucesso Feegow: Policlínica Sítio Cercado

Dois anos de implementação e resultado potente! Veja o feedback do Dr. Flávio do Amaral sobre a relação com o Feegow

Quando decidiu migrar para o Feegow, o Dr. Flávio Alberto do Amaral Porto, responsável técnico pela Policlínica Sítio Cercado, esperava mais organização e evolução no desempenho da clínica.

O resultado esperado veio, ainda melhor, chegou acompanhado de melhora em diversos números relacionados ao atendimento dos pacientes, passando por marcação de consulta, recepção, acolhimento e assistência médica.

Uma detalhe que é primordial para que a visão da Policlínica acerca do uso do Feegow seja positivo passa diretamente pelo acesso à informações básicas para o bom andamento do gerenciamento da clínica.

“As informações são de rápido acesso e o processamento da consulta como um todo, no registro de informações, até emissão de impressos como atestados, requisições de exames e de receituários.”

E por que o gerenciamento de informações é tão importante para a saúde financeira e vitalidade da Sítio Cercado?

“O rápido acesso aos relatórios de atendimentos, no acompanhamento da produção de cada profissional, facilita o controle de repasse financeiro e o recebimento junto aos convênios. Outro ponto é o gerenciamento de entradas e saídas.”

Pensando no retorno monetário, que todo negócio precisa ter para sobreviver e isso inclui também centros de saúde, há um entendimento geral que não nos basta fazer dinheiro, é necessário sistematização para controlar saídas e entradas, dados, gastos, lucros e, assim, manter o dinheiro.

2 anos de parceria com a Feegow | 60% menos cancelamentos e remarcações | Alta de 80% na repescagem de faltosos e desmarcados

Texto: Aumento do número de consultas e procedimentos realizados significa crescimento de receita. Sendo assim, não tem como fugir, apelar para funcionalidades e estratégias que te possibilitem manter a agenda cheia sem perder a qualidade do seu atendimento e a percepção positiva do seu paciente é essencial.

O Feegow também age nessa necessidade e a para a Sítio Cercado tem sido eficiente. E quanto a isso, o Dr. Flávio é categórico:

“A rapidez do sistema Feegow e perfil intuitivo faz com que tantos as atendentes quantos os profissionais possam manipular de forma mais célere, evitando brechas na agenda tanto de consultas quanto de procedimentos.”

Os números comprovam o sucesso dessa parceria, a diminuição do número de cancelamentos de horários marcados na agenda gira em torno dos 60%, enquanto o retorno de pacientes faltantes e reagendamentos de desmarcados chega à casa dos 80%.

O sistema Feegow vai além do software por si só. Para funcionar e trazer resultados trabalhamos com uma organização que também leva em conta o atendimento e suporte aos clientes. Temos, então, corpo técnico dos dois lados trabalhando para melhores soluções para a clínica.

“Por sanar dificuldades prévias que se tinham com outros sistemas utilizados até então, com o Feegow, houve uma melhora substancial, evitando retrabalho, permitindo otimizar o tempo dos profissionais, técnicos e dos atendentes, diminuindo a fadiga mental e o estresse físico.”

O rendimento tem sido extremamente proveitoso ao longo dos últimos dois anos. Podemos ver isso através das afirmações de avaliação do Dr. Flavio, mas é sempre bom ter em mente que podemos e devemos melhorar.

“Há sempre melhorias a se realizar, e com o canal sempre aberto da Feegow, ouvindo e questionando o usuário sobre as dificuldades encontradas no dia a dia, a tendência é sempre trabalhar num nível de conforto muito além da maioria dos sistemas presentes no mercado”, finalizou Flávio nos dando a nota 9 como parecer final.