Categorias
Marketing Médico

Marketing médico: o que todo médico precisa saber para atrair mais pacientes

Quer usar o marketing médico para atrair mais pacientes e aumentar a receita da sua clínica? Saiba como aqui 🙂


Médicos podem, e devem, fazer uso de estratégias de marketing para divulgar sua atividade. Você só precisa saber como fazer a publicidade da maneira correta.


É cada vez mais constante a presença de médicos na mídia. Problemas de saúde despertam muito interesse das pessoas. Doenças, carências emocionais e até distúrbios pessoais afetam diretamente a maneira como lidamos com nossa existência. Por conta disso, há muitos médicos que têm feito uso de vídeos, redes sociais e estratégias de publicidade para atrair a atenção das pessoas. 


Marketing Médico do jeito certo:

Pensando nisso, o Conselho Federal de Medicina baixou uma resolução em 2011, a Resolução CFM nº 1.974/11, que disciplina a prática de publicidade médica. Não resta a menor dúvida que vivemos em uma sociedade consumista e que os apelos comerciais estão por todo lado. A pergunta, então, é: o que o médico pode fazer para divulgar sua atividade profissional?


Seguem cinco dicas importantes de publicidade médica, retiradas da resolução do CFM:

1) Os anúncios médicos devem conter obrigatoriamente: o nome completo do profissional, a especialidade, o número de inscrição no CRM e o número de registro de especialista.


2) Os anúncios de clínicas, hospitais e demais instituições de atendimento de saúde devem conter sempre o nome do médico responsável e o registro do CRM.


3) Os médicos podem prestar informações, de forma educativa, através de qualquer meio de comunicação. Mas devem evitar a autopromoção, o sensacionalismo e a falta de decoro profissional.


4) Os sites para assuntos médicos devem obedecer aos critérios estabelecidos pela Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos – CODAME, dos conselhos regionais de medicina.


5) Em anúncios em formato de vídeo, especialmente se forem veiculados pela TV, deve ser informado ao final, de forma padrão, os dados credenciais do médico.


Como se pode ver, marketing médico envolve detalhes criteriosos que precisam ser rigorosamente observados, independente de tamanho da clínica ou se atende consultas particulares ou planos de saúde.


Fazer publicidade de atividades médicas exige ética e cumprimento de normas. Afinal, lidar com a vida demanda não só competência profissional, que é o seu melhor cartão de visita, mas também responsabilidade.


Marketing médico: mais lugares para investir

Redes Sociais

Você possui redes sociais? Não? Você está perdendo uma grande oportunidade de mostrar a sua marca e também exibir os resultados atingidos pela sua clínica ou consultório. Afinal, estamos num país em que 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais. Por isso, invista um tempo ou contrate uma agência de marketing que possa ajudar você a criar conteúdo para o Facebook, por exemplo.


Mas qual seria a rede social ideal? Bem, vamos a um breve resumo sobre as principais redes sociais:


  • Facebook: o terceiro país que tem mais usuários na rede social é o nosso. Esta rede é a mais generalista, devido à grande quantidade de usuários e à diversidade de pessoas e empresas presentes nela. No Facebook, você pode postar novidades sobre promoções e rotinas na sua clínica.

  • Instagram: a rede social que tem foco em imagens é a que mais cresce atualmente, ela possui mais de um bilhão de usuários. O Brasil é o terceiro país com mais usuários, ficando apenas atrás de EUA e Índia. Ela pode ser mais um canal para a divulgação dos seus serviços. 

  • Twitter: com mais de cem milhões de usuários ativos, o Twitter é uma febre entre os jovens. Por isso, caso queira atingir um público de idade menos avançada, ela é a rede social que vai ajudar – e muito – a atrair mais pacientes. 

  • LinkedIn: quer atrair mais colaboradores para sua clínica? Então, comece a criar postagens mostrando a realidade corporativa da sua clínica através da maior rede profissional do mundo. Lá, você conseguirá tornar a sua clínica mais conhecida como marca empregadora. Afinal, sem pessoas qualificadas, você não conseguirá ter bons processos.

  • Youtube: uma das formas mais práticas de geração de conteúdo se dá através da produção de vídeos. De acordo com o Google, durante uma pesquisa, 95% dos entrevistados afirmaram consumir vídeos online. Que tal levar informações e ter a oportunidade virar uma referência em saúde?

O Google Ads

Além de ser uma ferramenta de busca, atualmente a maior do mundo, o Google expõe sua marca caso você pague. Sabia?


Você já ouviu falar de Google Ads? Ainda não? Nós explicamos! O Google Ads é uma ferramenta da empresa que permite ao usuário Google a criar um anúncio e veiculá-los nas páginas de pesquisa, em sites parceiros, aplicativos e no Youtube.


Os anúncios são construídos de formas práticas por conta da plataforma ser bastante amigável. Após isso, os anúncios passam ou não pela aprovação da empresa. A ferramenta, apesar de ter uma interface intuitiva, precisa de uma dedicação exclusiva.


Para o Google decidir a exibição, o seu anúncio passa por uma espécie de leilão e você escolhe o máximo que quer pagar. Os vencedores são exibidos e passam por esse leilão toda vez que a palavra-chave escolhida é procurada.


E-mail Marketing

E-mail é uma das formas mais tradicionais de se comunicar com qualquer pessoa. Apesar de “antiga”, esta ferramenta é uma mão na roda para fortalecer a comunicação entre sua clínica e seus pacientes. Devido ao fácil acesso, algumas pessoas preferem ser contatadas via e-mail porque ainda não são adeptas aos outros apps de mensagem.


Já pensou em enviar uma série de conteúdos com dicas de saúde para seus pacientes de forma recorrente? Isso pode ajudar você a mostrar que sua clínica se importa com o bem-estar deles e fideliza pacientes ao seu serviço.


WhatsApp também é uma opção!

Você quer tornar a sua clínica mais acessível quando o assunto é comunicação? Que tal disponibilizar um canal via WhatsApp?  Através dele você poderá trocar informações de uma forma mais rápidas com seus pacientes. Ter um canal de comunicação a mais pode ser um dos diferenciais entre você e seus concorrentes. 


Além disso, você pode automatizar seu atendimento por meio desse canal com o uso de chatbots. Otimizando a rotina da recepcionista da sua clínica, ajudando a aumentar a satisfação dos seus pacientes.


CRM

Para poder ser mais assertivo em como agradar ainda mais seus pacientes, você precisará fazer perguntas-chave para eles. Mas onde guardar todas as informações coletadas? Já pensou em usar um CRM para isso? 


Para quem não sabe, o Customer Relationship Management (CRM) é uma ferramenta que pode ajudar no fechamento de vendas e também para manter o relacionamento com o cliente. 


Existem alguns softwares médicos que possuem a ferramenta integrada ao sistema para ligações em dias de aniversário, assim como para contar alguma novidade ligada ao serviço da clínica que pode ser de interesse do seu paciente.


Atenção ao design

Já pensou sobre a identidade visual da sua clínica? Ela está adequada? As cores e imagens utilizadas são ideais para o seu negócio? Que tal fazer uma análise sobre isso?


Um bom design é um item essencial para chamar atenção do seu público, principalmente para o meio digital. Ele, junto com o conteúdo, transparece os valores que sua marca quer passar não só para o público, mas também para o mercado em que a clínica está inserida.


Agora se você já tem um bom design, mas há muito tempo, talvez seja a hora de mudar! Assim como todas as coisas, a identidade visual não é algo rígido, ela pode e deve ser mudada quando necessário. Afinal, ninguém gosta de algo que está parado no tempo, certo? Se você inovou tudo o que existe na sua clínica, como vai comunicar que isso aconteceu?


Como se pode ver, marketing médico envolve detalhes criteriosos que precisam ser rigorosamente observados, independente de tamanho da clínica ou se atende consultas particulares ou planos de saúde.


Fazer publicidade de atividades médicas exige ética e cumprimento de normas. Afinal, lidar com a vida demanda não só a competência profissional, que é o seu melhor cartão de visita, mas também responsabilidade.


💡 Dica extra: você já imaginou como seria se sua clínica aparecesse facilmente nas buscas feitas no Google?

Mais do que isso: já parou para pensar em como funciona o mecanismo de busca do site e o que fazer para que sua clínica seja uma daquelas que aparecem nas primeiras páginas quando um usuário busca “ginecologista na Barra da Tijuca”, por exemplo?


Tendo parado para pensar nessas questões ou não, esse material pode ser o que você precisa!

Baixe o novo e-Book gratuito da Feegow com o tema “Como fazer a sua clínica aparecer no Google”. 


Perguntas Frequentes:

Qual a importância do Marketing para as clínicas?

O marketing para clínicas possibilita atrair novos clientes, fidelizar os pacientes que já frequentam a sua clínica e aumentar a lucratividade do seu negócio, esses são alguns dos benefícios obtidos com o marketing para clínicas médicas.      

Marketing de conteúdo para clínicas funciona?

Hoje, já é comum consultar o Google se sentimos uma dor diferente, pensando nisso, seu paciente em potencial também recorre à internet em busca de soluções práticas para as suas dúvidas. Portanto, se a sua clínica está na internet fornecendo materiais e informações relevantes, pode ter certeza que isso irá atrair novos clientes para o seu negócio.   

Devo investir em redes sociais para clínicas?

Se você não possui redes sociais está perdendo uma grande oportunidade de mostrar a sua marca. Afinal, estamos num país em que 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais. Por isso, invista um tempo ou contrate uma agência de marketing que possa ajudar você a criar conteúdo para o Facebook e instagram, por exemplo.